É verde e é nosso amigo…

2

O feijão-verde

E pouco calórico, rico em água e fibras, é um alimento ajuda no emagrecimento devido ao seu efeito depurativo e a regulação do aparelho intestinal. Ajuda na eliminação da retenção de líquidos, além de não conter colesterol ou gorduras.

O seu consumo ajuda:

  1. a proteger o organismo contra a osteoporose
  2. reduz o risco de diabetes do tipo II – na quantidade de um copo, é suficiente para reduzir o açúcar no sangue e prevenir o diabetes
  3. reduz a frequência das comuns enxaquecas
  4. alivia os sintomas da síndrome pré-menstrual – ou TPM
  5. previne crises de epilepsia
  6. previne a alopecia
  7. oferece proteção antioxidante
  8. protege contra infeções bacterianas e virais
  9. aumenta a função imunológica do corpo
  10. reduz os riscos de cancro do cólon
  11. protege contra doenças cardíacas
  12. retarda o envelhecimento
  13. alivia sintomas associados a doenças cardiovasculares e hipertensão
  14. protege contra o aparecimento do Alzheimer

A equipa PES na PINTOR

Advertisements

Já abriu…

O nosso Gabinete de Apoio e Informação ao Aluno está preparado para te receber!

Tens à tua disposição a equipa PES e técnicos de saúde especializados.

Qualquer que seja a tua dúvida não hesites: procura o GIA.

Sala A1

Escola sede.

50000000

A equipa PES

16 de outubro: O dia Mundial da Alimentação

  O Dia Mundial da Alimentação celebra-se anualmente a 16 de outubro, data em que se assinala a fundação da Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO), organismo responsável a nível mundial pelas questões da alimentação.

  O Dia Mundial da Alimentação de 2015 é dedicado ao tema “Proteção Social e Agricultura: quebrando o ciclo da pobreza rural” e procura sensibilizar para a importância de desenvolver políticas e programas que visem erradicar a insegurança alimentar e a pobreza no mundo, especialmente em zonas rurais.

  No nosso Agrupamento, foram elaborados trabalhos, na escola sede e nas do primeiro ciclo, alusivos a este dia tão importante. Os alunos construíram as suas próprias rodas da alimentação e exploraram os conceitos de alimentação equilibrada e saudável.

  Realizaram-se ainda, no primeiro ciclo, algumas atividades na AEC de Oficina das Ciências Experimentais sobre a importância de conhecer os alimentos.

  Os trabalhos estão expostos nas diferentes escolas e estamos muito orgulhosos dos nossos alunos!

A equipa PESnaPINTOR

This slideshow requires JavaScript.

A importância de comer bem logo pela manhã

  Já ouviste várias vezes como é importante fazer um bom pequeno-almoço. A razão é simples: depois de muitas horas em jejum, o teu corpo precisa de ser alimentado para ter nutrientes e energia para enfrentar um dia de atividade.

  Não comer de manhã pode potenciar o aumento de peso e a diminuição da massa muscular, levando ao aumento de gordura corporal. Após toda uma noite sem comer, o teu corpo fica com as reservas em níveis baixos e começa a utilizar também a massa muscular para obter energia.

  Não só chegas à refeição seguinte com muita mais fome, como há mais possibilidades de passares toda a manhã a petiscar o que não deves. Também importa saber que quando sentes muita fome tens tendência para escolher alimentos muito calóricos, com demasiado açúcar e gordura, pois o teu organismo está a necessitar de energia rapidamente.

  O melhor é seguir o conselho da equipa PESnaPINTOR: um bom pequeno-almoço e…energia para todo o dia!

ana2

Projeto da ULSAM ganha prémio nacional

  O Projeto de Otimização das Dietas Escolares (P0DE), da Unidade de Saúde Pública em colaboração com o Serviço de Nutrição e Alimentação da Unidade Local de Saúde do Alto Minho, foi distinguido no passado dia  11 de novembro com o primeiro prémio do II Concurso Nacional de Boas Práticas em Saúde Escolar promovido pela Sociedade Portuguesa para o Estudo da Saúde Escolar (SPESE).

   Com a finalidade de contribuir para a diminuição da incidência e prevalência das doenças ligadas a hábitos alimentares, intervindo em crianças em idade escolar, está a ser desenvolvido desde 2009. São trabalhadas duas grandes áreas,  a nutrição, que tem como objetivo geral garantir a oferta de refeições nutricionalmente equilibradas, e a segurança alimentar, garantindo a oferta de alimentos/ refeições seguros.

   No ano letivo 2012/13 participaram neste projeto 26 escolas do distrito, 47% da população escolar (13986 alunos), nomeadamente: EB 2,3/S e EBI de Paredes de Coura; EB2,3/S de Vila Nova de Cerveira; EB2,3 Carteado Mena, EB 2,3/S de Barroselas, ES de Monserrate e EB2,3 Frei Bartolomeu dos Mártires de Viana do Castelo; EB/S Arcozelo, EB Freixo, CE Feitosa, CE Ribeira, EB2,3 António Feijó e CE Lagoas de Ponte de Lima; CE e EB 2,3/S Valença; EB2,3/S Melgaço; EBI Tangil, EB 2,3 Deu la Deu Martins, CE e Escola EB3/S de Monção; Cooperativa de Ensino Ancorensis de Caminha; EB de Távora e EB2,3/S de Arcos de Valdevez; CE de Castro, EBI e EB2,3/S de Ponte da Barca.

  Como resultados principais, a nível nutricional, foi possível reduzir cerca de 25% o sal adicionado em cada refeição escolar, aumentar 17% a oferta de hortícolas e 11% a oferta de fruta. A nível de segurança alimentar, obteve-se uma redução de 45% de erros de boas práticas na manipulação dos alimentos.