29 de abril – Dia Mundial da Dança

Resultado de imagem para dançarResultado de imagem para dançar

Os benefícios de dançar

Dançar é uma excelente maneira de te manteres em forma e é adequada para todas as idades. Além de ser divertido, sabias que tem inúmeros benefícios para a saúde?

Independentemente do tipo de dança que seja (salsa, tango, dança do ventre, flamenco, danças de salão, …) todos os estilos de dança são atividades físicas saudáveis. E também é pouco relevante o nível de destreza, idade, tipo de corpo ou o número que vestes para praticá-la.

A dança tem um impacto muito positivo sobre a nossa saúde e sobre o nosso estado de ânimo, sobretudo se a praticamos regularmente (duas ou três vezes por semana).

Destacamos alguns dos mais importantes:

 Benefícios físicos e psicológicos

  1. Fortalece o teu sistema muscular: melhora a postura e diminui as dores de costas, uma vez que também melhora a flexibilidade. Dependendo do tipo de dança que praticares, irá fortalecer diferentes tipos de músculos e articulações.
  2. Dançar regularmente diminui a probabilidade de desenvolver osteoporose: a dança também fortalece os ossos e melhora a postura. Muitos estilos de dança requerem movimentos que fortalecem ossos como a tíbia, o perónio e o fémur. A sua prática regular diminui a perda de massa óssea, prevenindo desta forma a osteoporose e a artrite.
  3. Beneficia a saúde do coração: à semelhança do que ocorre com outros exercícios aeróbicos, a dança, quando praticada regularmente, pode ajudar a diminuir o ritmo cardíaco, a pressão arterial e o nível de colesterol no sangue.
  4. Ajuda a manter um peso saudável: em meia hora de dança podes queimar entre 200 e 400 calorias.
  5. Mantém o cérebro em boas condições de saúde: a dança também ajuda a manter o teu cérebro em forma. Ao aprenderes novas coreografias de dança, melhoras a tua memória e capacidade de realizar várias tarefas ao mesmo tempo.
  6. Aumenta a tua autoestima e autoconfiança: a dança dá-te oportunidade de te expressares. Ajuda a sentires-te mais confortável com a sua forma física. Reduz o stress e afasta a depressão.
  7. Ajuda a socializar: dançar é geralmente uma atividade que se pratica a pares ou em grupo.

Agora que já conheces os benefícios mais importantes da dança, de que estás à espera para começar a praticá-la? Inscreve-te em aulas com os teus amigos, amigas ou mesmo sozinho para conheceres novas pessoas. Lembra-te que a dança é benéfica para todas as idades.

Sai e dança, assim divertes-te enquanto o teu corpo e mente se põem em forma.

Susana Pinto

O alimento inimigo da saúde

1

Hoje partilhamos uma notícia relativa à carne processada.

A avaliação apresentada pela Agência Internacional para a Investigação em Cancro da Organização Mundial de Saúde revelou que 50 gramas diários destas carnes aumentam em 18% o risco de desenvolver cancro.

O grande problema deste alimento é a quantidade de nitratos que vem do sal usado para estas carnes. Os nitratos que são transformados em nitritos dentro da nossa boca seguem para o estômago, que converte os nitritos em compostos cancerígenos.

O melhor “fármaco” para contrariar este processo é o consumo de produtos ricos em antioxidantes como a vitamina C. Ocorre, no entanto, que grande parte das pessoas que consome estas carnes regularmente não tem uma alimentação saudável.

Além da possibilidade de cancro, o consumo destas carnes pode aumentar o risco de se desenvolver diabetes do tipo 2, devido à quantidade de gorduras saturadas, sal e nitratos. Estas são razões mais do que suficientes para começar a cortar este tipo de carnes da sua alimentação habitual.

De qualquer forma os investigadores alertam que não existem alimentos 100% seguros e que a origem do cancro é multifatorial.

Uma alimentação variada, rica em fibras e pobre em gordura animal, assim como a adoção de um estilo de vida saudável, são elementos chave para a prevenção do cancro.

Joana Dias

A Primavera, os pólenes e as alergias

2A Primavera, os pólenes e as alergias
Dr. Jaime Pina

A chegada da Primavera é, para a maioria das pessoas, uma época bem-vinda. O aumento do número de horas de sol, a redução das chuvas e o aumento da temperatura propiciam as actividades ao ar livre, tão benéficas para a saúde.

Mas se isto é verdade para a maioria das pessoas, há aquelas para quem a chegada da primavera corresponde à chegada do inferno: os olhos lacrimejam; no nariz, as crises de espirros alternam com o irritante pingo e com períodos de total entupimento; há prurido no nariz, na garganta, nos ouvidos, nos olhos e na pele; a dor de cabeça, muitas vezes associada à intolerância à luz do sol, pode tornar difíceis as actividades da vida diária. Mas se todo este quadro gera grande incomodidade, a situação é bem pior se surgem as crises de falta de ar.

 Chegaram os pólenes!

Os pólenes são minúsculos grãos reprodutores masculinos das plantas, invisíveis à vista desarmada. São uma das principais causas de doença alérgica, provocando a inflamação das mucosas com que contactam: a conjuntiva ocular (conjuntivite) e toda a mucosa respiratória, do nariz (rinite) aos brônquios (asma), passando pela laringe (laringite) e pela faringe (faringite).

As concentrações mais elevadas de pólenes na atmosfera verificam-se nos meses de Abril a Julho, quando a maioria das plantas está em polinização, e aumentam quando há vento e o ar está mais seco. Porém, até no Inverno há pólenes, como acontece com os das árvores da família dos ciprestes que polinizam em dezembro-janeiro. As gramíneas, a erva parietária, também conhecida por alfavaca, o pinheiro e a oliveira são as mais importantes causas de polinose em Portugal.

A alergia aos pólenes, pela sua importância e gravidade potencial, deve ser tratada. E para o tratamento há recursos muito eficazes quando geridos por especialistas. Porém, o sucesso do tratamento passa, também, por uma actuação correcta do doente face aos pólenes e essa actuação exige o cumprimento, durante a época polínica, das seguintes dez medidas:

  • Sempre que sair para o exterior, deve usar óculos de proteção;
  • Se puder, permaneça no interior de uma habitação durante as horas em que o vento soprar com maior intensidade;
  • Aproveite a maior humidade existente na atmosfera após o pôr do sol para, a partir dessa altura, arejar a sua habitação;
  • Certifique-se que as janelas de sua casa estão bem vedadas. Janelas com frestas deixam entrar pólenes; • Evite ter em casa plantas polinizadoras. Se tal acontecer, coloque-as no exterior durante a época de polinização;
  • Quando viajar de automóvel, faça-o com as janelas fechadas. Viajar com as janelas aberta concentra pólenes no interior da viatura. No início da época polínica, assegure-se da boa manutenção do respectivo filtro de pólenes;
  • Se viajar de motociclo, faça-o usando um capacete integral com a viseira fechada. Se for possível, evite este meio de locomoção no período de maior polinização;
  • No período primavera-verão, passe os tempos livres à beira-mar, local onde, devido à humidade natural, há menor concentração de pólenes na atmosfera;
  • Não brinque nos relvados e afaste-se dos que estão a ser tratados. O corte da relva origina uma intensa libertação dos pólenes dessas gramíneas;
  • Se as queixas forem muito intensas, evite praticar actividade física ao ar livre. A época de polinização é uma boa altura para um doente alérgico aos pólenes praticar actividade física indoor.

O cumprimento destas 10 medidas comportamentais contribui para um melhor controlo da alergia aos pólenes, constituindo-se como um excelente auxiliar da medicação, permitindo apreciar com mais saúde e tranquilidade toda a beleza que a natureza tem na primavera.

Susana Pinto

Transtorno de Défice de Atenção e Hiperatividade (TDAH)

1O Transtorno de Défice de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um dos assuntos mais polémicos que existe na pediatria atual. Os principais sintomas da doença são dificuldade em manter a atenção, mesmo em atividades lúdicas; não finalizar tarefas escolares; perder material escolar; ser facilmente distraído por estímulos alheios a tarefa; agitação motora, entre outros. De acordo com Carolina Rodrigues, psicóloga escolar, estima-se que de 3 a 6% da população mundial seja portadora do TDAH, com uma prevalência maior no sexo masculino.

A profissional afirma que o diagnóstico da doença acontece por volta dos 7 anos de idade, período em que as crianças estão nos primeiros anos do ensino básico e começam a ter mais responsabilidades, como trabalhos de casa e fichas de avaliação. Embora o diagnóstico seja mais fácil de encontrar na faixa etária citada, o cuidado e atenção dos pais devem existir desde cedo. “Para que o diagnóstico seja confiável, os sintomas devem ter início antes dos 7 anos, estar presentes por no mínimo 6 meses e devem aparecer em pelo menos dois contextos diversos”, afirma Carolina Rodrigues.

Os maiores desafios para as crianças que possuem TDAH estão relacionados com os sintomas do próprio transtorno, como falta de atenção, que acaba por fazer com que a criança não consiga aprender os conteúdos de forma satisfatória e a agitação motora, que também impede que aluno aprenda.

O professor é o profissional dentro da escola que passa mais tempo com o aluno, sendo assim, a sua observação sobre os sinais e comportamentos discrepantes do aluno em relação a outras crianças da mesma faixa etária contribui para o encaminhamento para uma avaliação externa. “Um professor que tenha conhecimento acerca deste transtorno de aprendizagem torna-se fundamental para contribuir para o diagnóstico”, relata. Ao levantar a hipótese de TDAH, o professor e a psicóloga escolar devem agendar uma reunião com os pais para apresentar os dados de observação. A partir disso, o aluno é encaminhado para uma avaliação.

 Ainda segundo a psicóloga, a partir do momento em que é confirmado o diagnóstico, o ideal é que escola e pais caminhem juntos para o melhor desempenho da criança. “A partir da descoberta, cabe ao psicólogo escolar orientar todos os professores envolvidos sobre quais as maiores dificuldades do aluno, como podem ajudá-lo em sala de aula e garantir que as adaptações sejam realizadas conforme combinado com a profissional que acompanha o caso. A família, por sua vez, precisa de acolhimento e escuta para que sinta que seu filho está a ser assistido da melhor maneira possível e tem direito à aprendizagem eficiente como qualquer outra criança”, ressalta Carolina Rodrigues.

Estar atentos e vigilantes é um dever dos pais e da Escola para que todos os nossos alunos se sintam seguros, apoiados e confiantes.

Joana Dias

Benefícios da Laranja

laranja

A laranja é o fruto mais associado à vitamina C, uma das melhores aliadas no combate às gripes e constipações. Mas a laranja é um alimento muito mais completo e rico do que se pensa. É também rico em ácido fólico, cálcio, potássio, magnésio, fósforo e ferro. Contém ainda fibras, pectina e flavonóides.

Benefícios da laranja:

  • Controla a pressão sanguínea
  • Reforça as defesas do organismo
  • Corrige a acidez excessiva do organismo
  • Estimula o sistema circulatório, combatendo inflamações das veias
  • Combate o colesterol
  • Melhora os problemas digestivos
  • Estimula as funções intestinais
  • Previne gripes e infeções
  • Previne as cárie dentária
  • Aumenta a sensação de saciedade
  • Previne contra o cancro  do intestino grosso.

Tome um copo de sumo de laranja em jejum e vai sentir energia ao longo do dia!

laranja2Joana Dias

Sumo de limão? Sim, por favor!

limao

Ajuda a digestão.  O sumo de limão elimina matérias indesejáveis e toxinas. A sua composição atómica é semelhante à da saliva e à dos fluidos digestivos.  Encoraja o fígado a produzir bílis que é um ácido essencial à digestão. Os limões são também ricos em minerais e vitaminas que ajudam a soltar toxinas do trato digestivo. As propriedades digestivas do sumo de limão aliviam sintomas de indigestão como azia, arrotos e flatulência.   A American Cancer Society recomenda sumo de limão morno para estimular movimentos do intestino.

Purifica o organismo, é diurético.  O sumo de limão ajuda a eliminar  matérias indesejáveis e toxinas em parte porque aumenta a taxa de urina no corpo. Desta forma, as toxinas são libertadas mais rapidamente mantendo o trato urinário saudável. O ácido cítrico dos limões ajuda a maximizar a função das enzimas,  estimulando o fígado e ajudando a desintoxicação.

agua-morna-com-limao-beneficios

Fortalece o sistema imunitário.  Os limões são ricos em vitamina C que é óptimo para afastar constipações. São ricos em potássio, que estimula o cérebro e o sistema nervoso, bem como regula a tensão arterial. O ácido ascórbico, presente nos limões, tem efeitos anti inflamatórios e é usado em casos de asma e outras condições respiratórias, uma vez que aumenta a absorção de ferro pelo organismo. O ferro tem um papel importante no sistema imunitário. Os limões contem também saponinas com propriedades anti microbianas que combatem constipações e gripes.

Equilibra os níveis de PH. Os limões são uns dos alimentos com mais propriedades alcalinas.  Claro que são ácidos por si, mas no organismo são alcalinos. (o ácido cítrico não cria acidez quando metabolizado). Os limões contem ácidos cítrico e ascórbico, ambos facilmente metabolizados permitindo que os componentes minerais melhorem os níveis alcalinos do organismo. A doença ocorre apenas quando quando o pH está ácido. Beber limão com água regularmente ajuda a remover a acidez do corpo, incluindo o ácido úrico nas juntas, uma das principais causas de dores e inflamações.

agua-e-limao-foto-77-300x336

Limpa a pele. A vitamina C e outros anti-oxidantes diminuem as rugas e manchas e ajudam a combater os danos dos radicais livres. A vitamina C é vital para a luminosidade da pele ao mesmo tempo que a sua natureza alcalina mata alguns tipos de bactérias que causam acne. Pode até ser aplicado directamente em cicatrizes ou em sinais para melhorar o aspecto.  Uma vez que o sumo de limão elimina toxinas do sangue, ajuda a prevenir manchas de dentro para fora.  A vitamina C do limão rejuvenesce a pele a partir do corpo.

Energiza  e melhora o humor. A energia que o corpo humano recebe dos alimentos vem dos átomos e moléculas. Dá-se uma reação quando a carga positiva dos iões dos alimentos interage com a carga negativa das enzimas.  O limão é um dos poucos alimentos que contem mais iões com carga negativa, proporcionando ao organismo mais energia quando entra no trato digestivo.  Torna o humor mais brilhante,  ajuda a clarificar a mente, reduz a ansiedade e depressão.

Lemon water
Lemon water

Promove a cura.  O ácido ascorbico, abundante nos limões, promove a cura de ferimentos e é essencial para manter os ossos, tecidos e cartilagens  saudáveis.  Como já referido, a vitamina C tem também propriedades anti inflamatórias o que em conjunto torna o limão essencial para a boa saúde e recuperação de stress e ferimentos.

Refresca o hálito. Para além de refrescar o hálito, o limão é conhecido por aliviar as dores de dentes e gengivas. Atenção que o ácido cítrico pode causar erosão no esmalte dos dentes.  Tome consciência disso. Não lave os dentes logo após tomar o sumo de limão com água. Ou lava antes, ou espera um bom bocado antes de o fazer.

agua-com-limao (1)Hidrata o sistema linfático. A água morna com sumo de limão ajudam o sistema imunitário, hidratando e repondo fluidos no corpo. Quando o corpo está carente de água, consegue sentir os efeitos colaterais que incluem cansaço, menor resistência à doença, prisão de ventre, falta de energia, baixa/alta tensão, falta de sono, falta de clareza mental, stress e outros.

Ajuda a perder peso. Os limões são ricos em fibra pectina que ajuda a combater os desejos por comida. Estudos revelam que pessoas que tem uma dieta alcalina, perdem peso mais rapidamente.

Joana Dias

Alimentos primaveris

Nozes

1

Altamente benéficas no corpo humano, a semente do fruto é a parte comestível que, desde os tempos antigos, eram recomendadas pelos antigos chineses como consumo diário para fortalecimento do organismo humano.

Espargos

3

O espargo é rico em ácido fólico, betacaroteno, Magnésio, Manganês, Fósforo, fibras e vitamina C, B e K. Além disso, possui ação diurética e auxilia no combate aos radicais livres.

Alcachofra

2

Enquanto a parte favorita de muitas pessoas é o coração das alcachofras, são as folhas que contêm muitos dos poderosos benefícios da alcachofra para saúde. São anti-inflamatórias e ideais para regular os rins e bexiga.

Alho

4

O alho é um alimento saudável, rico em nutrientes (vitaminas, sais minerais e aminoácidos) que deve fazer parte de uma dieta alimentar equilibrada e saudável.

Feijão

5

O feijão é uma boa fonte de fibra para baixar o colesterol, com isso evita que os níveis de açúcar no sangue subam muito rapidamente após uma refeição. Outro benefício do Feijão é o seu baixo teor em gordura e sódio.

Espinafres

6

Este vegetal possui um sabor alcalino e é rico em nutrientes como, por exemplo, sais minerais (Ferro, Fósforo e Cálcio), Vitamina A e Vitaminas do Complexo B.

Salmão

7

A reputação do Salmão como um alimento saudável é em grande parte devido ao seu conteúdo em ómega-3 ácidos gordos. É normal 4 gramas de Salmão conter pelo menos 2 gramas de gordura ómega-3. Esta gordura ómega-3 vem em duas formas: EPA (ácido eicosapentaenóico) e DHA (ácido docosahexaenóico). No entanto, o Salmão também é rico em Vitamina D e Selénio.

Morangos

8

Os benefícios do morango são grandiosos para saúde, além de serem frutos deliciosos. Ainda são uma boa fonte de várias vitaminas (C, K, B2, B5, B6 e B9), minerais (Cobre, Iodo, Potássio, Magnésio, Silício).

Ovos

9

São fonte rica de proteína e outros 13 nutrientes essenciais: Ácido fólico, Ferro, Zinco, Proteína, Fósforo, Manganês, Potássio… a lista é enorme. A presença especial está na colina, que faz parte das Vitaminas do Complexo B.

Mirtilos

10

Os benefícios do mirtilo para saúde incluem a prevenção e tratamento natural de úlceras e problemas digestivos. Desde muitas décadas, antimicrobiana, antioxidante e propriedades anti-inflamatórias do mirtilo foram valorizadas pela sua eficácia em uma variedade de doenças, incluindo diabetes, cancro e danos no fígado e nos rins. É rico em muitos nutrientes importantes na manutenção da saúde cardiovascular e melhora o funcionamento do corpo em geral.

Joana Dias

Dia Mundial da Saúde

Assinalado  o dia 7 de abril, o Dia Mundial da Saúde, promovido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), estará este ano centrado na diabetes. Entre outros objetivos, no âmbito desta campanha será lançado o primeiro relatório mundial sobre a doença, que irá “descrever o peso e as consequências da diabetes e defender a existência de sistemas de saúde mais sólidos, que assegurem uma melhor vigilância, prevenção e uma gestão mais efetiva da diabetes”.

A epidemia da diabetes está a aumentar rapidamente em muitos países. Uma grande percentagem dos casos de diabetes podem ser prevenidos. A diabetes tem tratamento e pode ser controlada. A gestão da doença previne complicações. Estas são algumas das mensagens centrais da campanha. É também sublinhado que muitos setores da sociedade têm “um importante papel a desempenhar”, como é o caso dos governos, empregadores, educadores, setor privado, a comunicação social, mas também cada pessoa individualmente.
índice
Podem ser consultadas mais informações sobre o tema do Dia Mundial da Saúde 2016 aqui.

Joana Dias