Semana Europeia da Vacinação

A Direção-Geral da Saúde (DGS) celebra de 24 a 30 de abril a Semana Europeia da Vacinação.

A temática central deste ano é #VACCINESWORK.  Esta iniciativa visa celebrar os “Heróis da Vacinação” que diariamente contribuem para a proteção de milhares de vidas, através da vacinação.

Falamos dos profissionais de saúde que asseguram a administração de vacinas, dos pais/cuidadores que vacinam os seus, das políticas de vacinação que asseguram o acesso equitativo à vacinação, dos investigadores e de todos os que partilham informações baseadas na melhor evidência científica sobre vacinas.

This slideshow requires JavaScript.

Advertisements

Boa Páscoa

A equipa PES deseja a toda a comunidade escolar e seus seguidores uma boa Páscoa cheia de momentos deliciosos e saudáveis!

Processed with VSCOcam with f2 preset

O Autismo também se faz ouvir.

O Dia Mundial da Consciencialização do Autismo (World Autism Awareness Day) ou simplesmente Dia Mundial do Autismo é comemorado no dia 2 de Abril, data definida pela Organização das Nações Unidas (ONU). O objectivo prende-se com a necessidade de esclarecer a população mundial sobre o Autismo.

1

Para comemorar este dia, deixamos um texto que, esperamos, dê voz a esta mensagem.

“Às vezes pareço estar dentro de um mundo só, onde as portas e as janelas estão fechadas. Às vezes é bem verdade. É assim que me defendo do excesso de sensações que o mundo me transmite. É como se ouvisse tudo demasiado alto, como se as cores fossem todas berrantes e me ferissem o olhar, como se, ao invés de ouvir palavras, ouvisse apenas articulações agressiva das sílabas, sem sentido. Protege-me deste excesso fazendo coisas repetitivas que me sossegam e, como devem imaginar, não gosto que me interrompam na minha defesa. Queria muito conseguir sair completamente deste escafandro onde me sinto confortável, porque, a espaços, encontro pontos de comunhão com as brincadeiras que vocês têm e sinto-me, mesmo que por pouco tempo, feliz. Ajudem-me a percorrer o caminho de mim a vocês, pouco a pouco e tanto quanto eu consiga. A vossa força pode ser a minha âncora para não me perder.”

 Texto de Valério Romão

 

Equipa PES

Colheita de sangue e registo de medula óssea na Pintor

2

No dia 15 de março, das 15:00h às 19:00h a Equipa do Projeto de Educação para a Saúde (PES) em parceria com a Associação de Dadores de Sangue da Freguesia da Meadela (ADSFM), promoveram a atividade “Recolha de sangue e registo de medula óssea” com a colaboração do Instituto Português de Sangue e da Transplantação do Porto (IPST).

Registaram-se 21 inscrições, tendo 16 reunido as condições exigidas para efetuarem a dádiva de sangue e 2 efetuado o registo de medula óssea.

A brigada do IPST avaliou a adesão à iniciativa como positiva apesar da diminuição de participantes em relação aos anos anteriores.

A Equipa do PES agradece aos encarregados de educação, professores, assistentes operacionais e pessoas da comunidade que compareceram na escola e especialmente à ADSFM e ao IPST pela colaboração nesta causa tão nobre e altruísta.

Um dos objetivos da atividade é a sensibilização dos nossos alunos para a importância da dádiva para que no futuro possam também ser dadores.

 Bem hajam!

A equipa PES

Colheita de sangue e registo para medula óssea

A atividade, promovida pelos professores que integram o “Projeto Educação para a Saúde” em parceria com a ADSFM, terá lugar no dia 15 de março de 2019, das 15:00h às 19:00h, na Escola Sede.

Esta recolha está a cargo do Instituto Português de Sangue e da Transplantação (IPST).

This slideshow requires JavaScript.

Quem pode dar sangue?

Pode dar sangue se tiver bom estado de saúde, hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50kg e idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Para uma primeira dádiva, o limite de idade é aos 60 anos.

Agradecemos desde já a vossa colaboração.

Inscrevam-se!

                                                      Dar sangue é dar vida!

A equipa PES

Estudo demonstra efeitos da agricultura biológica na saúde humana

Segundo a agronegocios.eu, o Centro de Serviços de Investigação do Parlamento Europeu realizou revisões sobre diferentes estudos na área da alimentação e agricultura biológica bem como o impacto dos seus efeitos na saúde humana, com foco na questão da saúde pública.

ag_bio

As conclusões, apontam para o aconselhamento a grávidas e crianças para o consumo de frutas e legumes biológicos, para a necessidade de maiores apoios à agricultura biológica, alimentação biológica e investigação na área, assim como para a necessidade de maior fiscalização.

agricultura-biologicaO estudo demonstra ser já um dado científico que o público consumidor de produtos biológicos tem maior tendência a hábitos de vida saudáveis como um maior consumo de fruta, legumes e cereais integrais.

Estes mesmos hábitos estão associados a uma diminuição da Diabetes tipo 2 e doenças cardiovasculares. Conclui ainda que estas tendências são também positivas ambientalmente estando associadas a uma menor libertação de gases de estufa e melhor uso da terra.

ag_bio3O facto de não serem usados químicos de síntese na alimentação biológica é certamente um fator de redução de riscos para a saúde humana. O estudo conclui que a exposição aos pesticidas é substancialmente reduzida assim como o risco de sofrer das doenças crónicas a eles associadas.

Outro fator de interesse revisto é a qualidade do solo e das plantas na produção biológica. O solo apresenta menores níveis de azoto e o desenvolvimento das plantas é mais positivo. Verificaram-se quantidades ligeiramente superiores de polifenóis em alimentos biológicos, sendo estes compostos importantes para a prevenção de doenças crónicas em seres humanos.

ag_bioOs investigadores apontam para o facto de que há outras variáveis envolvidas no que diz respeito à composição nutricional das plantas, tais como: variedade, tipo de solo, clima e as condições climáticas.

No momento em que se prepara uma nova legislação para a Agricultura Biológica na Europa, as conclusões políticas do estudo apontam para a importância de proporcionar maiores apoios à agricultura biológica, alimentação biológica e investigação na área, assim como para a necessidade de maior fiscalização.

A equipa PES

Doce Natal

A equipa PES deseja a toda a comunidade um Santo e Feliz Natal, recheado de saúde e paz.

Para adoçar a época natalícia que vivemos, deixamos a receita de uma casinha muito especial, com cheirinhos de gengibre, esperando que leve até todos um abraço de conforto.

A equipa PES